Foram inaugurados os novos escritórios flutuantes da | Carmo
ac

Novos escritórios flutuantes da Carmo Wood em Bordéus

Projeto inovador: Carmo Wood investe 2 milhões de euros em escritórios flutuantes de madeira em França


Este projeto híbrido, meio barco/meio edifício, é sustentável e foi construído com madeira, terra crua, sabugo de cânhamo e cortiça.

A portuguesa Carmo Wood, empresa líder europeia no segmento de madeiras tratadas, acaba de inaugurar o seu projeto mais inovador e desafiante de sempre, os novos escritórios flutuantes em madeira que vão acolher a sede da Carmo France Agriculture e da Carmo France Structure en Bois, em Bordéus, na zona dos “Bassins à Flot”.
Com solução e projeto inteiramente idealizados e executados pela Carmo Wood, num trabalho conjunto com a Carmo Estruturas e Carmo France Structure en Bois, este é primeiro edifício flutuante existente em França e resulta de um investimento de 2 milhões de euros. Pelo seu carácter inovador, a construção deste edifício envolveu a perícia e know-how de 14 empresas (entre Portugal e França), e uma multiplicidade de procedimentos administrativos, mas também um grande número de desafios técnicos, ambientais e estruturais.
“Estamos muito felizes com este novo projeto que é motivo de orgulho para a Carmo Wood e para todas as empresas que a constituem e que estiveram envolvidas, mas também para Portugal. Continuamos a fazer a diferença, como há 40 anos, num mercado externo tão concorrencial como o mercado francês e a deixar bem claro que as empresas portuguesas podem e devem arriscar e desafiar-se a si próprias, dentro e fora de portas”, refere Jorge Milne e Carmo, Presidente da Carmo Wood.
Ao todo são 600m2 de escritórios flutuantes, assentes numa barcaça de 30 metros por 11 metros, e que são, em si, uma atração turística e ponto de interesse para todos os que visitam esta região da cidade. Revestido com 2.000 postes de vinha Carmo Wood, que simbolizam os mais de 40 anos de história da marca no mercado agrícola em França, este novo espaço de trabalho está equipado com a mais recente linha de mobiliário de escritório da marca e ainda soalho em pinho marítimo, igualmente lançado pela marca.
“A inovação inerente a este projeto não se ficou pelo desafio de construir uns escritórios flutuantes em madeira, com esta dimensão e nesta região. Este é também um projeto inovador do ponto de vista da sustentabilidade e bem-estar dos colaboradores”, acrescenta Jorge Milne e Carmo.
Com efeito, neste projeto híbrido, meio barco, meio edifício, o compromisso da Carmo Wood foi reduzir ao máximo o impacto ambiental através da utilização de materiais como madeira, terra crua, sabugo de cânhamo e cortiça. A imperativa emergência climática guiou as equipas no estabelecimento de recursos energéticos sustentáveis através da instalação de 18 painéis fotovoltaicos e um sistema de refrigeração através da reciclagem da água dos “Bassins a Flot”. A acústica do edifício, o sistema próprio de renovação do ar, a fachada com vidro que permite a entrada de luz natural, a construção em madeira e os diferentes espaços de lazer dedicados aos colaboradores garantem o bem-estar de todos os colaboradores.
Os trabalhos arrancaram em 2018, tendo sido interrompidos em 2019, fruto do impacto da tempestade “Fabien”, iniciando-se, então, as transformações estruturais do flutuador, visando garantir a total segurança do edifício, agora inaugurado em junho de 2022.
“Quando, na década de 80, resolvemos entrar no mercado francês, eramos apenas uma pequena empresa familiar com fortes ambições e know-how. França tinha um potencial gigante para a Carmo Wood no segmento agrícola já que os produtos que desenvolvíamos não existiam, à data, nesse país. O sucesso da nossa estratégia é, na verdade, uma história de empreendedorismo nacional já que, não obstante os enormes desafios, somos há largos anos líderes de mercado em França no segmento de estruturas para suporte agrícola em madeira”, refere Jorge Milne e Carmo, Presidente da Carmo Wood.
Recorde-se que a Carmo Wood fornece, há mais de 40 anos, os postes de madeira que sustentam as vinhas de marcas francesas tão reputadas como a Moët et Chandon, a Conhac Hennessy, a Richard, a Chateau Latife Rothchild ou a Chateau Petrus, entre muitas outras.
O negócio Carmo Wood em França cifra-se atualmente nos 25 milhões de euros representando já cerca de 25% do negócio global do grupo que, até ao final de 2022, deverá atingir os 100 milhões de euros de faturação.
Com sede em Portugal, Lisboa, a Carmo Wood emprega já cerca de 400 colaboradores e dispõe de quatro unidades fabris, todas localizadas em território nacional – Pegões, Almeirim e Oliveira de Frades – que produzem para os mais de 40 países onde opera.

newsletter mobile

Newsletter

Receba as nossas novidades

Aviso! Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para uma melhor experiência de utilização.

Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui.