Materiais de Construção

Descubra por que as madeiras para construção são uma decisão sustentável e um dos melhores amigos do ambiente

Carmo

As madeiras para construção são a aposta mais sustentável para o seu próximo projeto. Descubra aqui porquê.

A utilização da madeira na construção ganhou popularidade nos últimos anos e é vista, de novo, como uma boa aposta. As casas em madeira voltaram a estar na moda, com a vantagem de serem uma decisão sustentável e amiga do ambiente. Neste artigo, irá descobrir por que utilizar madeiras para construção é uma decisão sustentável e amiga do ambiente.

No final da leitura, ficará a saber:

  • Quais são os materiais de construção sustentáveis?

  • Por que motivo as madeiras são o material de construção mais amigo do ambiente?

  • Quais são as madeiras para construção mais usadas?

  • Como fazer um tratamento sustentável da madeira?

Quais são os materiais de construção sustentáveis?

A sustentabilidade ambiental é hoje uma preocupação generalizada e estende-se a diferentes setores, inclusive o da construção.

Quem constrói um projeto procura, cada vez mais, materiais de construção sustentáveis, versáteis e com uma alta durabilidade. Mas, afinal, quais são os materiais de construção que cumprem estes requisitos?

São aqueles que possuem cinco atributos principais:

  • Renováveis, como as madeiras ou os painéis fotovoltaicos;

  • Biodegradáveis, como a cortiça ou o bambu;

  • Recicláveis, como o ecogranito;

  • Com baixo teor energético, como a madeira;

  • Capazes de captar carbono da atmosfera, como os telhados verdes e as madeiras sustentáveis.

A famosa cidade de madeira da Finlândia é um exemplo de aplicação de madeiras para construção.

Com o setor da construção a ser apontado como um dos grandes poluidores, torna-se ainda mais importante estar a par das últimas tendências e apostar naqueles que são os materiais de construção mais sustentáveis.

1-carmo-madeiras-para-construcao.jpg

Em França, o setor já só pode utilizar cerca de 20% de materiais não recicláveis e é uma tendência de regulação que se prevê se estenda rapidamente a outros países europeus.

Por que motivo as madeiras para construção são o material mais amigo do ambiente?

O uso de madeiras sustentáveis na construção é uma prática milenar que, com o aparecimento do betão e do aço, foi sendo colocada de lado.

No entanto, ao contrário dos outros materiais de construção, a madeira é uma matéria-prima natural. Para além de os resíduos serem recicláveis e poderem ser transformados em produtos diferentes, o processo de fabrico da madeira retira o carbono da atmosfera durante décadas.

Com uma estética apreciada por quase todos, a madeira é um produto-modelo para a transição para uma economia circular. As madeiras para construção podem também ajudar a reduzir, ou mesmo a inverter, os impactos climáticos e ambientais da atividade humana moderna.

Vários estudos demonstram que, quando a madeira é extraída de florestas geridas de forma sustentável, tem uma pegada de carbono menor em comparação com a extração de betão e aço. Para fins de comparação, sabe-se que o cimento usa cerca de 1750 quilowatts/hora para a produção de um metro cúbico ao passo que a madeira consome apenas 350 quilowatts/hora para a mesma medida.

Apesar da negativa associação à desflorestação, a madeira - quando gerida de uma forma sustentável - contribui de forma positiva para a construção, o ambiente e o mundo.

Outro atributo diferenciador da madeira enquanto material de construção, em comparação com materiais alternativos não-madeireiros, é que:

Implica custos de operação menores

As madeiras para construção dispensam o uso de cimento, tijolos, tintas e pedreiros. Por esse motivo, implicam um tempo de construção inferior em comparação com estruturas feitas com recurso a outros materiais. Para além disso, a madeira é um ótimo isolante térmico natural.

Possui uma relação peso/resistência superior

As madeiras para construção são mais leves que os seus equivalentes de aço ou tijolo. Por isso é que, quando é necessário adicionar novos andares a edifícios já existentes, se opta por um material leve como a madeira.

Apresenta uma performance excelente em caso de desastres naturais, como sismos ou incêndios

Em caso de incêndio, por exemplo, a madeira queima de forma mais controlável em comparação com os seus equivalentes, betão e aço.

Quais são as madeiras para construção mais usadas?

Na construção, as tábuas de madeira tratada são a opção mais procurada, seja para construção habitacional, paisagismo e decks, postes para eletricidade ou travessas ferroviárias.

Na Carmo Wood temos disponíveis várias medidas de madeiras para construção e secções de tábuas de madeira serrada - tratada e não tratada -, das quais destacamos:

  • Forro de abeto, recomendado para o revestimento de tetos ou paredes interiores;

  • Forro de pinho tratado, indicado para revestimento de fachadas;

  • Soalho de pinho nacional, com uma tonalidade e uma textura únicas - a escolha ideal para projetos de interior;

  • Eco-travessas em madeira impregnada, reconhecidas como um bom apoio em obras de jardim;

  • Madeira Lamelada Colada não Tratada, a escolha mais adequada para grandes estruturas e disponível em vigas de várias dimensões.

2-carmo-madeiras-para-construcao.jpg

Seja para móveis, pavimentos ou para qualquer outro tipo de aplicação, pode contar com a equipa especializada da Carmo Wood para ajudar na escolha das madeiras para construção.

Como fazer um tratamento sustentável da madeira?

Algumas das construções mais antigas, como esculturas históricas, utensílios domésticos, armas de caça e até alguns templos milenares no Japão, podem ainda hoje ser apreciadas, devido à durabilidade da madeira.

Ao longo dos anos, tem-se tornado cada vez mais simples fazer um tratamento sustentável das madeiras para construção, com recurso a conservantes que contêm biocidas. Estes conservantes de madeira conseguem destruir, ou controlar, os organismos indesejados (como fungos e insetos). Assim, limitam a biodeterioração da madeira e contribuem para uma maior longevidade do material.

Os biocidas são usados de forma variada, tanto por usuários industriais como profissionais, mas também pelo público em geral. Para um tratamento sustentável da madeira, basta retocar com um verniz que contenha biocidas, a cada dois anos.

Note-se ainda que os biocidade são regidos e autorizados para uso sob o Regulamento de Produtos Biocidas e estão em conformidade com as regulamentações Europeia e nacional.

Se ainda tiver questões sobre este assunto, conte com os profissionais da Carmo Wood para lhe recomendarem um tratamento sustentável das suas madeiras para construção.

Madeiras para construção: o material do século XXI

De ferrovias a construções grandes, passando por pontes públicas a torres gigantes, a madeira como material de construção veio mesmo para ficar. Se ficou com alguma questão ou precisa de mais informações sobre soluções de madeiras para construção à medida do seu projeto, saiba que a Carmo Wood tem à sua disposição aconselhamento personalizado e equipas de montagem especializadas.